Caterpillar S31

Caterpillar S31: Ficha Técnica e Análise

Talvez você esteja achando que somos loucos de pensar que a Caterpillar, empresa que fabrica tratores possa fazer celulares, mas sim… eles fazem. Diferente dos celulares encontrados no mercado hoje em dia, os Caterpillar buscam entregar ao usuário resistência nunca vista antes. Um dos modelos mais famosos da marca é o Caterpillar S31, que promete ser tão resistente quanto um Nokia Tijolão.

Tendo isso em vista, hoje decidi separar esse espaço para conversarmos à respeito dos detalhes por trás do Caterpillar S31, listando para vocês as vantagens e desvantagens do produto. Espero que gostem!

Sobre o produto

Para começar, vamos falar um pouco à respeito do produto. O Caterpillar S31 é composto por uma tela TFT LCD de 4,57 polegadas, que consegue entregar uma resolução de 1280 X 720 pixels. Sua tela também é composta de uma proteção Gorila Glass 3 que dá ao celular uma proteção muito bacana junto de sua estrutura. Na minha opinião, os celulares Caterpillar não têm como objetivo ser um smartphone funcional para aqueles que buscam tirar fotos ou jogar joguinhos. Mas iremos falar sobre isso daqui a pouco.

Caterpillar S31

No quesito de processador, o Caterpillar S31 possui um chipset Snapdragon 210 Qualcomm SDM210 Quad Core de 1.1 ghz. Para se ter uma ideia, esse processador foi utilizado no LG K9, celular lançado no ano de 2018, ou seja, podemos dizer que se trata de um processador um tanto ultrapassado mas que cumpre seu papel para a proposta do celular. O aparelho oferece apenas uma opção ao usuário, sendo ela de 2GB de RAM e 16 GB de armazenamento interno. Lembrando que essa versão aceita micro SD de até 128GB.

Sua bateria de 4.000 mAh é boa mas poderia ser melhor, dando ao usuário uma autonomia de cerca de 1 dia sem carregar com uso moderado. Segundo a própria CAT, a sua versão S31, se estiver em standby, consegue entregar uma autonomia de até 912 horas, o que seria proporcional à 38 dias sem carregar. Bizarro, não?

Falando agora das câmeras, temos que ressaltar que o Caterpillar não é um celular para aquela pessoa que ama tirar fotos, tendo em sua estrutura apenas um sensor de 8MP. Suas gravações em vídeo atingem resolução máxima de 720p… Realmente bem abaixo dos celulares lançados hoje em dia. Mas que ele é bruto, ele é.

Caterpillar

Leia Também: Samsung Galaxy S21 Ultra: Ficha Técnica e Análise!

Análise do Caterpillar S31

Na minha humilde opinião, o Caterpillar S31 e os demais aparelhos da marca possuem o objetivo de atrair um público que busca um celular smartphone que seja resistente e que aguente o tranco em trabalhos mais pesados que possivelmente envolveriam levar o celular. Caso você seja esse público, acredito que não exista um celular melhor que este no mercado, então podem confiar e comprem.

Ficha técnica do Caterpillar S31

– Tipo de tela: TFT LCD
– Tamanho da tela: 4.57 polegadas
– Resolução da tela: 1280 X 720 pixels
– Sistema operacional: Android 7.0
– Processador: Snapdragon 210 Qualcomm SDM210
– Núcleo de Processador: Quad-Core
– Memória Ram: 2GB Ram
– Armazenamento interno: 16 GB
– Cartão de memória: sim, microSD de até 128 GB
– Acesso à Internet: Wi-Fi e 4G
– Conectividade: Bluetooth
– Recursos e Funções: Rádio FM, Viva Voz, Giroscópio e acelerômetro
– Resolução da Câmera Frontal: Não tem
– Resolução da Câmera Traseira: 8MP
– Resolução da filmagem da câmera traseira: 720p
– Capacidade da Bateria: 4.000 mAh
– Conexão: Micro USB
– Altura: 146 mm
– Largura: 74.42 mm
– Espessura: 12.6 mm
– Peso: 200 gramas

Caterpillar S31

O que achou? Conhece alguém que curtiria um celular desses? Então manda pra ele!